MUDE PARA NÃO SE MUDAR DE ALAGOAS!!

Publicado: 20 de novembro de 2012 em CIDADANIA, ECONOMIA, Mensagem Pessoal, Notícias e política, RIO LARGO - AL, Saúde e bem-estar

Alagoas é terra de gente muito humilde, sem oportunidade de progredir. Gente a quem se nega a oportunidade de progredir através, mesmo, do acesso à Educação. Aqui as escolas públicas estaduais iniciam o ano sem professor, e assim, “terminam as aulas”…

O Estado se recusa a realizar concurso para professor, ficando aí um contingente de profissionais admitidos para serem “monitores”, com salários mal pagos, em atraso, e em quantidade insuficiente para se suprir as necessidades de uma educação que se queira, tenha a mínima qualidade.

Alagoas terra de gente humilde, sem acesso as oportunidades mínimas de emprego descente, sem programa de desenvolvimento humano, econômico e social. Aqui não existe “uma parcela” de população pobre, bem ao contrário, o Estado é formado por uma população pobre, exceção apenas a alguns privilegiados que habitam alguns apartamentos e mansões de luxo, em bairros específicos da capital.

Para o desenvolvimento do Estado é necessário o investimento prioritário na população pobre. Com a mudança de sua condição é que os índices vergonhosos de Alagoas sofrerão mudanças efetivas.

Mas o que percebemos é que Alagoas não tem vontade e nem propósito de realizar os investimentos que o homem e a mulher simples necessitam para terem a sua condição de vida mudada. Aqui se entende que cesta básica, leite e outras “caridades” do poder público é que são o caminho para o desenvolvimento do Estado.

Assim continuamos sem educação básica, sem ensino profissionalizante, sem saúde, sem saneamento, sem crédito produtivo popular, enfim, sem o estímulo e o apoio devido ao protagonismo do pobre, que no dizer do saudoso Luiz Gonzaga: “não quer a esmola que envergonha e vicia o cidadão”, quer trabalho, quer educação, quer oportunidade, quer investimento, quer desenvolvimento.

O alvo não está no topo, é preciso mirar na base da pirâmide social de alagoas, e ai investir os recursos públicos em programas e políticas que visem ao desenvolvimento dos alagoanos. Investimentos que tenham resultados efetivos, e que não se transformem em números espalhafatosos, que só servem para político citar em debate televisivo a cada quatro anos, mas que em nada refletem a realidade do povo alagoano.

Muda Alagoas!

Anúncios
comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s