A igreja ‘evangélica’ e as eleições políticas

Publicado: 1 de agosto de 2010 em Notícias e política

POLÍTICA E IGREJA

A igreja ‘evangélica’ e as eleições políticas


Carlos Lima


Carlos Lima



Repórter OGalileO
01/02/2010 13:53h
As eleições estão às portas, e não demora as
hienas ávidas por poder saem de seus covis em busca da carniça humana,
já putrefata de tanta inércia do pensar.

Tadinho do meu povo. É apenas uma vítima do ardil competentíssimo dos
que presidiram anos e anos, instaurando a obrigatoriedade da ignorância.

Parabéns, Vossa Excelência foi um sucesso nessa empreitada!

Queria falar algo nessas linhas sobre a fenomenologia nauseante que é o
envolvimento da ‘igreja’ nesse carnaval luciferiano, orgulhoso e
pavonístico até o pó do osso.

Não raro você verá, como já viu, as Dilmas numa quinta no culto
evangélico e numa sexta rezando aos orixás, acendendo velas pra todos os
santos. Justo eles que, quando lhes interessa, dizem que o estado é
laico.

Diga-me uma coisa:

Você entregaria a sua esposa para ser usada por um interesseiro que não tem nenhum amor por você e muito menos por sua amada?

Pois é isso que estão fazendo com a igreja.

Entregaram-na aos prazeres da carne dos poderosos se tornando
depositária do sêmem repugnante da impiedade, sem direito abortivo,
sendo que os filhos virão em formas decadentes reproduzindo mais
inferno, mais prostitutas cultuais, num processo viral que não terá fim,
a não ser quando o Ômega vier com sua espada desembainhada em fogo.

Falsos profetas, pastores, bispos, após-tolos, líderes eclesiásticos,
ainda há tempo de se converterem. Não é vergonha nenhuma, vergonha sim é
viver nessa podridão de alma.

O que disse vai se perder, tão logo o que não disse aparecer.

De Deus não se zomba, tudo o que o homem semear isso também colherá.

Ai de vós fariseus, guias cegos, que coais o mosquito e engolis o
camelo. O meu mestre disse isso tudo a respeito, e disse ainda mais;

– O meu reino não é desse mundo!

Não quis o poder político. Se quisesse o teria, se fosse da vontade do Pai.

Não acredite em político evangélico!

Apenas acredite em Evangélico político, pois o Evangelho (O Verdadeiro) deve vir antes de qualquer política.

Se for sal de verdade, salgará a terra e ninguém o verá, contudo, sentirá o sabor.

Acho que vou parando por aqui. Não preciso mais discorrer sobre esse
assunto, afinal, a verdade persuade por si mesma, não há duas mentiras
iguais, nem duas verdades diferentes.

Digo, por fim, que não sou radicalmente contra o envolvimento de
evangélicos com a política. Acredito em gente boa de Deus como a Marina
Silva.

Pra lembrar: ‘Aplaudir o ridículo é mil vezes mais se ridicularizar’.

Um abraço, Na esperança de que quando vier O perfeito, toda imperfeição seja aniquilada.

Por Carlos Lima conteudo@ogalileo.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s